CARTÃO INTERATIVO DIGITAL - PALMAS-TO

(4.756) O Restauranter:
CARTÃO INTERATIVO DIGITAL - PALMAS-TO

Os cartões de visita interativos surgiram para você poder salvá-los em seu celular de forma simples, tendo-os sempre que precisar. Além disso, eles são responsivos, ou seja, com apenas um clique você é direcionado para realizar chamadas, mandar e-mails e entrar nas redes sociais.

CARTÃO INTERATIVO DIGITAL - RESTAURANTER MAURICIO GOULART
Cartão Produzido por JEOVÃ MIRANDA-Fone: 63 99237-1410

Que a propaganda é a alma do negócio, todo mundo sabe. E aquela máxima que "a primeira impressão é a que fica" vale até hoje. No primeiro contato com o cliente, qual a impressão que o seu negócio tem gerado?

Eu não costumo fazer propaganda no meu site, portanto, abrindo uma exceção eu RECOMENDO que vocês ao fazerem a escolha dessa nova ferramenta de mídia, escolham um profissional com conhecimento e principalmente com compromisso com prazos.  Eu fiz meu cartão, e já fiz alguns serviços de empresas que presto consultoria, com confecção de cardápios inclusive. Faça uma consulta.


E as vantagens do cartão de visita interativo não param por aí. Ele é ecologicamente correto, facilmente alterável e causa uma ótima impressão, por se tratar de algo novo no mercado. 

Agora que você já sabe mais sobre o cartão de visita interativo, que tal fazer o seu?

SOBRE VINHOS – ACIDEZ

(4.755) O Restauranter:
SOBRE VINHOS – ACIDEZ

A acidez é o principal atributo responsável pela sensação de frescor nos vinhos e qualidades no paladar. Muito apreciada nos vinhos brancos jovens e espumantes é também um pilar importante na conservação e longevidade dos vinhos.

Na hora da degustação são analisadas as características que compõe a estrutura do vinho: a intensidade, o equilíbrio, a qualidade e a persistência do vinho. 

A acidez é sentida com as provocações que o vinho ocasiona na boca, através das sensações de gosto nas papilas gustativas ou tácteis que ocorrem na gengiva e na língua. Na boca sua presença aumenta a salivação e minimiza a percepção da doçura do vinho. Os ácidos advindos da uva mais comuns nos vinhos são o cítrico, o tartárico, o lático e o málico. Ainda sobre acidez do vinho é interessante ressaltar que as uvas ficam menos ácidas quando mais próximo da maturação. Locais com climas mais frios, onde as uvas maturam com dificuldade, tendem a produzir vinhos mais ácidos.


O paladar é muito amplo, sendo responsável também pela detecção de uma grande parte dos aromas que compõe o vinho.

A acidez presente nas uvas é formada pela amplitude térmica entre dias quentes e noites frias. O Brasil não tem essa variação, portanto em grande parte dos vinhedos as uvas são colhidas antes da evolução e completa maturação, sendo percebida essa acidez verde nos vinhos.

CREME DE ACELGA

(4.754) O Restauranter: 
CREME DE ACELGA

INGREDIENTES:

01 Acelga grande
01 cebola média
02 dentes de alho
10g bacon em cubinhos
pimenta do reino ou calabresa ao gosto
sal a gosto

MODO DE PREPARO:

1- Retire as folhas do pé de acelga e lave. (figura 01)
2- Corte os talos da acelga como indicado. (figura 02)
3- Corte as folhas sem os talos, ideal para usar em saladas, fica mais leve (figura 03)
4- Com os talos todos juntos, coloque uma panela e deixe a água ferver, adicione os talos e um pouco de sal, e deixe por 08 minutos. (figura 04) 
5- Escorra a água do cozimento, use um mix, processador ou liquidificador para criar o creme (uma massa) - Não deixe ficar muito fino.
6 - Na panela adicione o bacon cortado em cubinhos conforme na figura (05) abaixo e depois acrescente a cebola e o alho.
7- Coloque a massa cremosa de acelga na panela e deixe cozinhar por 3 minutos. A densidade fica ao gosto de cada um, usando a água do cozimento para o ponto ideal.
8- Adiciono a pimenta do reino ou pimenta calabresa (gosto pessoal), corrija o sal e deixe cozinhar por mais 01 minuto mexendo sempre.

Bacon em cubinhos - (Opcional)

Sirva numa vasilha redonda, com um prato de base. Decore com folhas de acelga e manjericão. Rendimento do creme com um pé de acelga é de dois cremes.

SOBRE VINHOS - TEOR ALCOÓLICO

(4.753) O Restauranter:
SOBRE VINHOS - TEOR ALCOÓLICO

Na constituição do vinho temos diversas variáveis para analisar e que fazem toda a diferença na hora de sorver um vinho. Dentre elas temos: corpo, acidez, taninos, concentração de açúcar e teor alcoólico.

O teor alcoólico do vinho é uma característica muito importante.

O teor alcoólico influencia na densidade do líquido modificando o corpo (estrutura) do vinho, contribui com a sensação de dulçor e maciez, além de tornar mais rico o perfil aromático e ajudar na longevidade do vinho.
Analisando o vinho através da analise sensorial nas etapas visual, olfativa e gustativa. Na fase visual as lágrimas abundantes, mais juntas e mais lentas indicam uma fração de álcool maior e quanto mais lenta a lágrima escorre maior o corpo e o teor de açúcar. As lágrimas escassas, rápidas e mais afastadas quando a fração de álcool é menor; na fase olfativa podemos perceber o volume de álcool e na gustativa a sensação no paladar é queimação na boca e garganta. 

A temperatura de serviço do vinho pode interferir na percepção do álcool, uma vez que o vinho muito gelado tende parecer menos alcoólico, isso acontece porque a baixa temperatura adormece as papilas gustativas. Já acima da temperatura irá aparentar ser muito mais alcoólico.

SOBRE VINHOS - TANICIDADE

(4.752) O Restauranter:
SOBRE VINHOS - TANICIDADE
Taninos fazem parte de um grupo de fenólicos é um instrumento de defesa das plantas que possuem sabor amargo e provocam grande adstringência ou o popularmente conhecido como travamento. A melhor explicação seria a cica ou aspereza das frutas ainda verdes, como caju ou banana.


Os polifenóis são liberados das cascas, sementes e caules quando as uvas são prensadas. Esses compostos formam uma solução ácida que provocam uma sensação de adstringência ou secura na boca. Os açucares da uva e os taninos amadurecem com o tempo e no processo perdem agressividade, tornando-se macios e sedosos. Maiores quantidades de tanino geralmente são encontrados nas uvas de casca mais grossa, enquanto nas uvas de casca mais fina originam vinhos de estrutura mais leve e textura delicada.

“Ser ou Não Ser” tânico. São muitos fatores que determinam essa condição entre os quais: a variedade da uva, a safra e o perfil do enólogo.


Os taninos são principalmente avaliados pela textura. Aparecem então proteínas, a adstringência e a secura na boca, que acontece quando os taninos entram em contato com a saliva que é rica em proteínas. Os taninos são detectados principalmente pela secura na gengiva e do meio para a ponta da língua.

Os vinhos classificados como tânicos são aqueles que provocam secura após a degustação e os ácidos são aqueles que provocam salivação. O fator chave para um vinho equilibrado nessas duas vertentes é a coerência.

TEMPEROS FRESCOS E NATURAIS PARA CARNES

(4.751) O Restauranter:
TEMPEROS FRESCOS E NATURAIS PARA CARNES

Uma refeição de qualidade exige além de uma matéria prima selecionada também tempero. Tempero é o ingrediente principal para uma refeição saborosa e marcante. Nesse corte de pernil de porco que será assado, acrescentei um tempero delicioso que intensificará ainda mais o prazer de comer. 

INGREDIENTES:  Tempero

08 folhas grandes de alfavaca
04 dentes de alho
35 ml de azeite de oliva
pimenta calabresa 
pimenta do reino
cebolinha e salsa quanto baste
sal a gosto

Macere tudo e aplique num lado da carne, colocando esse lado para baixo na assadeira e depois finalize a aplicando o tempero na parte superior.


Tempo de forno em média 50 minutos na temperatura de 200ºC.

MAUANA BISTRÔ - IMPLANTAÇÃO

(4.750) O Restauranter:
MAUANA BISTRÔ - IMPLANTAÇÃO
LOGOMARCA By Jeovã Miranda


MAUANA BISTRÔ será um lugar descontraído, pronto para uma refeição com qualidade, com sabores exóticos e principalmente com foco no satisfação do cliente. Sendo assim esperamos atender da melhor forma possível todas as necessidades dos clientes. O ambiente familiar propicia aconchego e também a intimidade necessária para uma refeição prazerosa.


SOBRE VINHOS - ESTRUTURA OU CORPO DO VINHO

(4.749) O Restauranter:
SOBRE VINHOS - ESTRUTURA OU CORPO DO VINHO

Corpo do vinho é a sensação tátil causada pela bebida, pela fluidez (textura) do líquido e pela persistência do sabor, características marcantes no contato com a boca (paladar). O corpo ou estrutura é a concentração de compostos tânicos, concentração de açúcares, nível de acidez e teor de álcool que contribuem para a estrutura do vinho. 


As diferenças nuances de corpo do vinho: 


Ralo ou aguado – Vinho de mínima densidade, próximo à sensação de beber um refresco. 

Leve ou Ligeiro – Vinho com intensos aromas de frutas vermelhas, pouco tanino, pouca acidez, baixo teor alcoólico e sem persistência final em boca. Costuma ser um vinho jovem e fresco. A maior incidência está no grupo dos vinhos brancos com as castas Riesling e Prosecco. 

De médio corpo (ou de bom corpo) – Vinho com corpo nítido, de boa densidade, mas sem ser encorpado. Uma grande parte dos vinhos produzidos se encaixa nesta faixa, inclusive os mais versáteis em termos de harmonização com a gastronomia. Nesse grupo estão situados vinhos com teor alcoólico entre 12,5% e 13,5%. 

Encorpado – Vinho nitidamente denso, com mais viscosidade, concentrado, costuma apresentar uma densidade muito maior, sabor mais intenso e a presença de taninos mais evidenciada. Em alguns rótulos a densidade chega a ser percebida a olho nu, muito embora essas características não sejam uma regra. Os taninos também estão presentes na madeira; por isso, os vinhos com maturação em barril geralmente são encorpados. Apresentam teor alcoólico acima de 14% o que produz uma sensação maior de calor e densidade no paladar. 

Pesado – vinho com corpo intenso, marcante e denso, potente apresentam sabores mais fortes e um gosto residual muito maior, fazendo com que a permanência seja maior no paladar (as papilas gustativas permitem distinguir sabores doces, salgados, amargos, azedos e umami). 


Certas variedades de uvas que podem gerar vinhos mais encorpados como: Tannat, Cabernet Sauvignon, Malbec, Nebbiolo, etc 

Quando se diz que um vinho é seco, quer dizer que ele possui baixo teor de açúcar residual, enquanto que um vinho suave terá um alto teor de açúcar residual. Além disso, quanto maior for o teor de açúcar, maior será a sensação de densidade do vinho na boca, isto é, ele terá mais corpo.

ANTEPASTO DE ABOBRINHA E BERINJELA

(4.748) O Restauranter:
ANTEPASTO DE ABOBRINHA E BERINJELA

PAGUE E LEVE CONVENIÊNCIA E PIZZARIA

(4.747) O Restauranter:
PAGUE E LEVE CONVENIÊNCIA E PIZZARIA
Pizza de Aliche e Peperone com borda de queijo cheddar.


Peça sua pizza saborosa e com preço especial na Pague e Leve Pizzaria através dos telefones:           (63) 98413-9983 e 98121-2508 ( inclusive para delivery) .


CURTINDO O FERIADO

(4.746) O Restauranter:
CURTINDO O FERIADO
Cozumel feito com carinho. Ingredientes: borda de sal, 50ml de limão, 06 pedras de gelo e cerveja.

Petiscos: Azeitona verde, salaminho e picles (feito em casa)

Finalizar com Ensopado de Carne de Caranguejo com leite de coco e azeite de dende.

AUTONOMIA DO TOCANTINS - 18 DE MARÇO

(4.745) O Restauranter:

AUTONOMIA DO TOCANTINS - 18 DE MARÇO

A data 18 de março é histórica para o Tocantins, pois foi nessa data que, no ano de 1809, Dom João dividiu a província de Goiás nas comarcas administrativas de Goiás e do Norte. A assinatura do Alvará de Instalação da Comarca de São João das Duas Barras, depois chamado de Comarca da Palma, atual município de Paranã, a 304 Km de Palmas, marcou o início do processo que culminou com a criação do Estado do Tocantins.

A luta para garantir o desenvolvimento do então norte goiano, praticamente esquecido pela administração pública, foi longa e contou com um importante passo quando, em 1821, o desembargador Joaquim Theotônio Segurado, administrador da Comarca do Norte, encabeçou o movimento popular pela divisão de Goiás.

FONTE: https://casacivil.to.gov.br/noticia/2013/3/18/dia-da-autonomia-celebra-o-inicio-da-criacao-do-tocantins/

PICLES CASEIRO

(4.744) O Restauranter:
PICLES CASEIRO

INGREDIENTES:

01 nabo grande
04 cenouras grandes
20 un de cebolas pequenas
40 un de pimenta biquinho
03 dentes de alho laminados
pimenta rosa a gosto
vinagre na proporção de 1/3 em relação à agua
sal a gosto

MODO DE PREPARO:

Descasque os legumes e corte em pedaços médios. Coloque para ferventar em panelas separadas, porque cada um ingrediente tem tempo de cozimento distinto. A cenoura é o que mais demora, deixe no ponto "al dente". Depois de tudo cozido, escorra bem. Coloque em camadas ou misturado, conforme seu gosto. Depois de acondicionado, coloque o sal e  acrescente a mistura de vinagre e água. Deixe na geladeira por 03 dias.

MEU CACTO FLORIDO

(4.743) O Restauranter:
MEU CACTO FLORIDO
Os meus cactos tem sempre um ambiente peculiar para seu crescimento, neste vaso, acrescentei, um osso buco usado para dar um ar mais sertanejo e da vegetação da caatinga.

 

Copyright @ 2013 Restauranter.