TENDÊNCIAS MUNDO DO VINHO 2020/2021

(4.653) O Restauranter:

TENDÊNCIAS MUNDO DO VINHO 2020/2021

O mundo do vinho está em constante transformação, metamorfose e inovação. Sendo assim, a todo momento somos bombardeados com um número ilimitado de informações e também com novidades surpreendentes. Assim como no mundo da moda, o mundo do vinho, tem tendências que provavelmente vão ditar os comportamentos na chegada do novo ano. Como fator de contribuição para essas inovações, tivemos a pandemia, que num movimento atípico obrigou a todos, transformar-se e adequar-se para uma nova realidade global.

 

Algumas tendências para o período 2020/2021:

 

1.    Categoria Sustentável:


Vinhos orgânicos produzidos baseados em conceitos e práticas que não prejudiquem a natureza no processo e que preserve o ecossistema, ofertando ao produtor e ao consumidor uma elevada qualidade de vida.


Vinhos biodinâmicos são produzidos fundamentados na agricultura orgânica, onde são utilizados fertilizantes naturais e técnicas que diminuem a exaustão do solo, alterando e rotacionando as culturas, e proporcionando necessidade de adubação diferente a cada ciclo. 

2.    Novos Países Produtores:

 

Novos países estão fomentando a produção de vinhos e abrindo suas culturas e tendências para o mundo globalizado. Novas experiências do mundo da enologia são ofertadas todos os dias, e as experiência únicas, são um convite para os enófilos. 

     3.    Embalagens Sustentáveis:

 

Vencer o preconceito do tradicional mundo do vinho torna-se cada dia mais fácil, embora a resistência ainda seja aferrada. Pensar no binômio sustentabilidade e preservação já faz parte das diretrizes das empresas. Exemplo de sucesso, as screw caps (tampas de rosca) que eram olhadas com desconfiança e preconceito, hoje vedam rótulos de vinhos jovens e vinhos de consumo entre 4 e 8 anos.
 

Pensar também em suprimir a capsula de lacre da rolha confeccionadas em estanho, alumínio, plástico e outros materiais, tem função de proteção e de higiene. Mas em vinhos jovens podem ser dispensados sem prejuízo do vinho.

       4.      Prosecco Rosé:

A casta Glera que é utilizada para a produção do Prosecco branco será a mesma utilizada na produção do rosé, porém com adição de 10 a 15% da uva Pinot Noir, a única atualmente permitida na DOC. O Fizz só pode ser produzido em dois estilos: Brut Nature e Extra Dry, e deve ser feito pelo método Martinotti / Charmat, ficando no mínimo 60 dias em fermentação secundária em tanque pressurizado e ter no mínimo de 85% da fruta deve vir da safra indicada. Outros podem ser produzidos nos estilos que vão de extremamente seco a levemente doce.

MAURICIO GOULART FERREIRA

“Mauricio Goulart Ferreira mora em Palmas-TO desde 2000, Administrador com Pós Graduação em Coaching atua nos grandes empreendimentos do setor gastronômico do estado e atualmente desenvolve um projeto de consultoria e de assessoramento com foco no atendimento a clientes.”

0 comentários:

 

Copyright @ 2013 Restauranter.