domingo, 11 de dezembro de 2016

O QUE VAI SER TENDÊNCIA NA GASTRONOMIA MUNDIAL

(3800) O Restauranter:


O QUE VAI SER TENDÊNCIA NA GASTRONOMIA MUNDIAL

Acabo de voltar da 62º Summer Fancy Food, que levou a Nova York 3670 expositores de todo o mundo, mostrando 180 mil produtos, as novidades na gastronomia, sabores, tendências, ingredientes, temperos, matéria prima e tudo o é relacionado com comida.
Neste ano, o evento teve 46 mil visitantes, de praticamente todos os países do mundo. O Brasil esteve representado por poucos expositores, e poucos participantes – bastante compreensível pelo momento atual de retração.
A sensação boa que eu tive é que a gastronomia de vanguarda no Brasil está bem sintonizada na busca de alimentos mais saudáveis, de origem não industrial, produtos feitos por pessoas com história e comprometimento, que é o que esteve mais em evidência na feira. Ou seja, acredito que não existe mais um abismo entre o Brasil e os EUA no que se refere à busca de uma melhor alimentação.
Mas percebi, sim, algumas diferenças brutais no acesso que pessoas comuns tem a todas estas novidades saudáveis. Fica evidente que o consumidor estadunidense consegue bancar uma grande quantidade e diversidade de pequenos produtores através do poder aquisitivo, do consumo, fazendo possível que tendências se consolidem e não sejam apenas modas passageiras, ou para poucos, como acontece no Brasil.
A nota curiosa e de minha total alegria é que o produto que ganhou o prêmio de inovação foi… massa!
O que mais se destacou, na minha opinião:
PLANT BASED

São os alimentos de origem vegetal (legumes, cereais, vegetais, frutas, flores e tudo o que se possa imaginar) e – muito importante – orgânicos e não modificados geneticamente. É como se os veganos estivessem com todos os desejos realizados, com lanches, sorvetes, leites, doces e uma infinidade de alimentos destacando que são 100% de origem vegetal e não-transgênicos – o grande inimigo da vez são os transgênicos. Ou seja, não adianta ser de origem vegetal, tem que ser orgânico e não-transgênico. Foto: Leite de macadâmia, da Austrália, da Nova Zelândia ou Havaí. Sabor excepcional, cremosidade, perfeitamente capaz de converter um fã de leite de vaca em vegano em instantes.
CANNABIS

Sim, a maconha na gastronomia não chega a ser novidade, mas agora está chegando com força total e numa diversidade enorme de produtos.E a cannabis está presente em tudo: leite vegetal com cannabis (orgânica e não-transgênica), nos flocos, nos iogurtes, nos biscoitos, no óleo de cozinha. Importante ressaltar que é uma variedade de Sativa sem o THC, que é o componente “chapante”. Fazer receitas com cannabis deixou de ser coisa de maluco beleza para se transformar num ingrediente com alto índice de proteínas, e além de ter o sabor e aroma valorizado.
SUPER LOCAL

Estamos falando das hortas em cima dos prédios de grandes cidades, como Nova Iorque e Chicago, e estufas de cultivo em áreas urbanas. A filosofia é usar áreas de baixo custo em grandes cidades (os telhados de edifícios ou fábricas), e assim evitar o transporte de alimentos em grandes distâncias, principalmente alimentos que contém muita agua, como a batata e o tomate, com 95% de agua. Hoje a plantação nos telhados dos prédios é um negócio não apenas rentável, como promove muitas pesquisas de cultivo sem o uso de agrotóxicos, usando insetos de controle, por exemplo. O “superlocal” é um conceito muito querido por nós, e que tem muito a ver com o trabalho que fazemos em todas as unidades do Pastifício Primo produzindo massas localmente.
O pensamento mais bacana que escutei do William Rosenzweig, da Food Business School: a produção de alimentos vai ser – se é que já não é – a mais importante ferramenta para a paz mundial. A humanidade precisa de alimento em primeiro lugar. 

fonte:  http://blogs.pme.estadao.com.br/blog-do-empreendedor/o-que-vai-ser-tendencia-na-gastronomia-mundial/

MAURICIO GOULART

“Mauricio Goulart Ferreira, natural do Rio de Janeiro, mora em Palmas - TO desde 2000, atuando nos grandes empreendimentos do setor gastronômico do estado e atualmente desenvolve um projeto de consultoria e de assessoramento com foco no atendimento a clientes.”

0 comentários:

 

Copyright @ 2013 Restauranter.