quinta-feira, 31 de março de 2011

REVOLUÇÃO DE 1964

(1549) O Restauranter informa:

REVOLUÇÃO DE 1964

O Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, e que culminaram no dia 1 de abril de 1964 em um golpe de estado. O Golpe submeteu o Brasil a um regime alinhado politicamente aos  Estados Unidos da América.


O regime militar durou até 1985, quando, indiretamente, foi eleito o primeiro presidente civil desde as eleições de 1960, o mineiro Tancredo Neves.


Durante 21 anos tivemos todos os nossos direitos cerceados, com imposição da censura. A interrupção de um fluxo democrático ainda embrionário jogou o país num atraso ainda pior do que se encontrava.

O golpe, a Revolução, nos passa uma idéia de que o ato de rebelar-se cria um ambiente melhor do que anteriormente se encontrava, mas esse fato não ocorreu por aqui. Fomos iludidos com uma falsa idéia, implantada a força em nossos pensadores, cerceando movimentos sociais e culturais e impondo alcunhas de "comunistas" ao bel prazer da minoria governante.

Após as eleições indiretas de 1985, que elegeram Tancredo Neves até os dias de hoje, comprovam que  nossos avanços foram expressivos na política. Passamos por um presidente eleito indiretamente, um eleito diretamente, um presidente  impeachmado, um presidente burguês, um presidente sindicalista e trabalhista e agora uma presidente. Evoluímos e muito, e esses 26 anos nos ensinaram o valor da democracia.

Esperamos agora que ensine aos políticos que governam nosso país o quão sofrido foi a vida e a luta daqueles que batalharam por esse país melhor e que esses honrem seus mandatos concedidos pelo povo, para que possam representá-los com honra.

MAURICIO GOULART

“Mauricio Goulart Ferreira, natural do Rio de Janeiro, mora em Palmas - TO desde 2000, atuando nos grandes empreendimentos do setor gastronômico do estado e atualmente desenvolve um projeto de consultoria e de assessoramento com foco no atendimento a clientes.”

0 comentários:

 

Copyright @ 2013 Restauranter.